52% Das Brasileiras não realizam exames ginecológicos preventivos*. Fonte: SBOC

Entre os principais motivos estão a falta de informação e o receio em tirar dúvidas.

#PapoSaúdeDaMulher

Um espaço para você deixar as suas dúvidas sobre exames preventivos femininos, de forma anônima, sem rodeios.

-->

Estabelecer uma relação de confiança nunca foi tão importante para todas nós.
Entenda mais sobre as principais questões relacionadas à saúde da mulher em cada fase de sua vida.

até
21 anos

Eu morria de medo quando a minha mãe falava que eu teria que ir na ginecologista quando menstruasse... ANÔNIMA • 12 ANOS

Não havendo sintomas fora do padrão, a primeira ida da menina ao ginecologista deve ser logo quando menstruar pela primeira vez.

É nessa etapa que a relação de confiança entre paciente e ginecologista começa a se formar e consequentemente o entendimento da importância

importância de realizar os exames preventivos na frequência recomendada.

Os riscos de doenças são baixos, mas predisposições genéticas e outros fatores tornam muito importante a realização dos primeiros exames.

Quais exames são importantes após a primeira relação sexual?

Quais exames devem ser realizados após a primeira menstruação?

58%

dos adolescentes paulistanos iniciaram a vida sexual entre 15 e 16 anos.

77%

não usaram nenhum método anticoncepcional na primeira relação sexual.

Veja as perguntas respondidas pela Dra. Adriana Campaner

EU POSSO PERDER A VIRGINDADE AO REALIZAR ALGUM EXAME? QUE TIPO DE EXAME PODE SER FEITO EM MULHERES VIRGENS?
Os exames ginecológicos para mulheres virgens são os exames de mamas, do abdômen e da genitália externa ou seja somente a vulva. Dificilmente algum exame será realizado dentro da vagina pois corre sim o risco de perder a virgindade. Em casos mais graves existe um espéculo (bico de pato) especialmente para virgens.
TENHO MEDO DE FALAR COM O GINECOLOGISTA, SERÁ QUE ELE CONTA A CONVERSA PARA OS MEUS PAIS?
Se a paciente entende o que médico fala,entende suas necessidades e preocupações pelo código de ética o médico não deverá falar para os pais, mas em casos graves ou em risco de vida sim o Ginecologista conversa com os pais.
É NORMAL TER CORRIMENTO APÓS A PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO?
Sim, é normal. Após a primeira menstruação significa que o organismo da mulher está pronto para gestação, e com isso aconteceram muitas transformações na puberdade e a mulher começou a produzir hormônios que agem em todo o corpo, e com esses hormônios agindo na genitália e no colo do útero faz com que a vagina passe a produzir secreções . Mas em caso de corrimento que dê coceira, cheiro ruim, ou cor estranha é importante procurar um médico pois pode ser sinal de alguma doença.

22 a 49 anos

Eu até chego a ir na consulta, mas marco de fazer os exames e sempre acabo não indo... ANÔNIMA • 22 ANOS

A correria faz parte dessa fase da vida. Trabalho, faculdade e muitas atribuições levam a deixar a saúde de lado.

Mas, é justamente uma das fases em que os exames preventivos se tornam cada vez mais necessários, afinal, com a vida sexualmente ativa aumenta, por exemplo, a vulnerabilidade às DSTs. Além disso, a mulher nessa fase está na

faixa etária com maior risco e desenvolvimento do câncer de colo de útero, que pode ser diagnosticado precocemente com a realização do exame Papanicolaou.

É também neste período onde a maioria das mulheres tem o seu período gestacional, uma fase em que os exames são essenciais tanto para a saúde da mulher quanto do bebê.

A partir de qual idade tenho o risco de desenvolver o câncer de mama? Quais são os sintomas e como diagnosticar? 

Qual a melhor idade para engravidar?

Endometriose

sofrem de endometriose no Brasil, doença que a principal causa de infertilidade no sexo feminino. Fonte: Febrasgo

Câncer de Colo do Útero

Veja as perguntas respondidas pela Dra. Adriana Campaner

FIZ EXAME US TRANSVAGINAL O RESULTADO DIAGNÓSTICO QUE ESTOU COM LÍQUIDO NO ÚTERO. A MÉDICA NÃO RECEITOU NADA. PEDIU PARA FAZER NOVO EXAME DAQUI HÁ 6 MESES, FIQUEI PREOCUPADA, É PERIGOSO?
Quando o exame do ultrassom vaginal é realizado, os médicos conseguem avaliar todo o útero interno e externo, as trompas e os ovários. Os líquidos dentro do útero pode ser apenas um líquido da menstruação que ficou retido. Muito provavelmente a sua médica (o) avaliou seu exame e não identificou nenhuma lesão e pediu para que você realizasse o exame novamente mais tarde.
FIZ UM EXAME DE ULTRASSOM TRANSVAGINAL. O EXAME RESULTOU EM PEQUENO NÓDULO MIOMETRIAL COMPATÍVEL COM LEIOMIOMA/VARIANTES HISTOLÓGICAS. ENTÃO UMA DÚVIDA ME PERTURBA, SE EU DEMORAR COM O TRATAMENTO PODERÁ SE AGRAVAR?
O Leiomioma é o nome científico do popular mioma. O mioma é um nódulo benigno da parede do útero, 70% á 80% das mulheres tem mioma, geralmente ele aparece após os 30 anos, pode ser sozinho ou pode ser mais de mioma o que chamamos de múltiplos miomas. Geralmente o mioma causa sangramento e esse sangramento pode causar anemia, muitas vezes o útero pode crescer bastante e a mulher achar que está grávida, e se ele crescer muito é normal ter dor na barriga. Em relação a perigo, câncer é muito raro no mioma, mas se você não tem nenhum desses sintomas (sangramento e crescimento do útero) é só continuar o acompanhamento com o seu médico.
TENHO 32 ANOS E INFELIZMENTE TENHO ENDOMETRIOSE PROFUNDA. MINHA DÚVIDA É: TENHO FOCO DE ENDOMETRIOSE NO OVÁRIO E GOSTARIA DE SABER SE TEM POSSIBILIDADE DE ESTE FOCO DESENVOLVER CÂNCER DE OVÁRIO.
A endometriose é uma doença muito comum, e ela é causa quando as células dentro do útero que se chamam células endometriais acabam se aderindo dentro da parede do útero isso faz com que a parede do útero sangre quando a mulher menstrua, esse sangramento pode causar inflamações entre os órgãos e formar cistos em diversos lugares, como no útero, ovário e na pelve, pode causar infertilidade e causar dor. O risco de cancer no ovario devido a endometriose é muito raro e pode acontecer em mulheres mais velhas.

mais de 50 anos

Eu me perguntava se aquilo era normal e se tudo ia ficar bem. Quando realizei os exames fiquei muito mais tranquila... ANÔNIMA • 53 ANOS

Já acostumadas com a rotina de realizar os exames periodicamente, a mulher nessa fase começa a passar por novas mudanças no corpo.

A menopausa é a última menstruação da mulher, e nas brasileiras essa fase chega por volta dos 48 anos de idade. No entanto, algumas mulheres podem menstruar até cerca dos 55 anos.

Com a menopausa ocorre a redução gradativa dos hormônios femininos. Pode ser interessante avaliar com o médico os riscos e benefícios da reposição hormonal.

Mesmo que não tenha nenhum parceiro, é importante consultar o ginecologista anualmente. Nessa fase de vida o risco de alguns tipos de câncer é maior, bem com o perigo de doenças cardiovasculares. Assim, alguns novos exames são necessários.

Até que idade eu devo fazer a mamografia?

Quais são as indicações de terapias hormonais na menopausa?

câncer de mama

conforme mais idade tiver a mulher - a partir de 35

anos as chances de ter câncer de mama aumentam progressivamente

OSTEOPOROSE

Veja as perguntas respondidas pela Dra. Adriana Campaner

SOU CASADA HÁ 20 ANOS. NUNCA ATINGI O ORGASMO COM ELE OU COM OUTRO QUALQUER. ISSO PODE SER UM PROBLEMA FISIOLÓGICO OU PSICOLÓGICO?
Geralmente a falta de orgasmo e libido tem relação direta com problemas psicológicos, dificilmente tem relação com problemas orgânicos, como problemas no utero e ovarios, algumas vezes a mulher pode ter diminuição do libido quando entram na menopausa, nesse caso existe a reposição hormonal que muitas vezes melhora essa situação. Mas como você já tem esse problema a muito tempo, o ideal seria você consultar uma psicóloga e conversar a respeito.
TENHO 66 ANOS E AINDA SINTO AS ONDAS DE CALOR, É PRA SEMPRE?
As ondas de calor acontecem porque os hormônios femininos diminuem na menopausa. Geralmente as ondas de calor vão melhorando com o passar dos anos entre um á dois anos, no entanto 10% das mulheres podem continuar sentindo por muito tempo, existem hoje remédios que não são apenas hormônios para ajudar nas ondas de calor. Nesse caso indico que procure o seu médico.
QUE PODE SER FEITO PARA ALIVIAR OS SINTOMAS DA MENOPAUSA?
A menopausa aparece quando existe diminuição dos hormônios femininos, e isso causa diversos sintomas, mas o principal sintoma é o calor que aparece geralmente de noite e depois do calor vem a onda de frio. Além dessas sensações a mulher pode ter ressecamento da pele, ressecamento da vagina dificultando as relações sexuais, existem também outros sintomas que são detectados por exames como por exemplo fraqueza nos ossos e para cada sintoma existe um tratamento específico, geralmente o hormônio melhora tudo de uma vez, porém muitas mulheres não podem usar hormônios, as pessoas que tem contra indicações podem encontrar outros tratamentos, como as plantas, os fitoterápicos, derivados da soja, amoras e assim por diantes que são tratamentos naturais e não causam nenhum problema a saúde. Mas quando esses tratamentos naturais não ajudam é melhor procurar um médico que vai te ajudar a passar por esse período com tranquilidade.

Quer entender melhor sobre cada um dos exames?

Aqui a gente entra nos detalhes sobre cada um deles.

Ultrassom de Mamas

Para que serve este exame?

Este exame analisa o tecido mamário e avalia a possível presença de lesões e nódulos nas mamas. Deve ser realizado caso seja descoberta alguma alteração no exame de mamografia.

Como este exame é feito?

O exame segue o mesmo procedimento de um ultrassom. As diferença está no fato de que a mulher deve ficar deitada de barriga para cima com os braços atrás da cabeça.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Câncer de mama com tumor benigno ou maligno .

Mamografia

Para que serve este exame?

Ele é um exame de raios-x que serve para rastrear o possível aparecimento do câncer de mama. Ele consegue detectar o câncer em estágio inicial.

Como este exame é feito?

Neste exame a paciente fica de pé e próxima ao aparelho, que irá pressionar as mamas tanto verticalmente quanto horizontalmente, uma a uma, afim de espalhar o tecido mamário. Para algumas mulheres, dependendo de sua sensibilidade, o exame pode gerar desconforto.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Câncer de mama.

Papanicolaou

Para que serve este exame?

Este exame serve para avaliar o colo do útero. Deve ser colhido após 21 anos, em não virgens.

Como este exame é feito?

Com a paciente deitada na cadeira ginecológica, é introduzido na vagina um instrumento chamado espéculo. Esse instrumento mantém o canal vaginal aberto. Então o médico realiza a passagem de um tipo de cotonete no colo do útero, colhendo o material para análise em laboratório.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Câncer de colo do útero, HPV, inflamações.

Ultrassom Transvaginal

Para que serve este exame?

Se a mulher já tiver iniciado atividade sexual ela deverá realizar o Ultrassom Transvaginal, que avalia melhor o útero e ovários. É um exame também essencial para as mulheres grávidas.

Como este exame é feito?

A mulher deve estar deitada em uma cadeira ginecológica, com as pernas abertas e levemente dobradas. O médico insere o aparelho de ultrassom no canal vaginal para coletar as imagens. Este aparelho deve estar protegido com um preservativo e lubrificante. É normal que a mulher sinta uma leve pressão na barriga, mas não deve sentir dor. Em alguns casos o médico solicita para que o exame seja feito com a bexiga cheia, isso pode facilitar a coleta de algumas imagens.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Endometriose, pólipos endometriais, miomas, gravidez nas trompas ou fora da cavidade do útero, tumores de ovários. No caso da mulher grávida, o exame também serve para monitorar o batimento cardíaco do bebê, examinar a placenta e identificar causas de possíveis sangramentos.

Colposcopia

Para que serve este exame?

A Colposcopia avalia o colo do útero, vulva e a vagina com uma espécie de "binóculo", o colposcópio, e deve ser realizado se houver uma ferida no colo do útero ou se o Papanicolaou estiver alterado.

Como este exame é feito?

A paciente deve estar sentada na maca com as pernas afastadas e então o médico irá introduzir um aparelho chamado espéculo, ele servirá para manter a vagina aberta durante o resto do exame. Após esse procedimento ele usará o Colposcópio a cerca de 30 cm da vagina da paciente.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Câncer do colo do útero, cervicite, pólipos benignos, verrugas genitais no colo do útero que podem estar relacionadas ao vírus HPV.

Densitometria Óssea

Para que serve este exame?

Serve para avaliar a perda óssea e até mesmo a osteoporose, essa perda óssea ocorrerá, principalmente após a queda dos hormônios femininos.

Como este exame é feito?

Com a vestimenta adequada a paciente deverá deitar-se na cama do aparelho. O laser do aparelho passará pelas regiões a serem analisadas.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Osteoporose.

BRCA 1 e BRCA 2

Para que serve estes exames?

Testes usados para identificar mutações nos genes BRCA1 e/ou BRCA2 e avaliar o risco de desenvolvimento de câncer de mama e/ou ovário respectivamente. Indicado para pacientes com histórico familiar de câncer de mama ou ovário.

Como este exame é feitos?

Estes exames são realizados por sequenciamento de genes que usam metodologias avançadas. A coleta do material pode ser feita tanto no sangue quanto na saliva.

Algumas das doenças que podem ser diagnosticadas:

Câncer de mama, câncer de ovário.

As principais dúvidas serão respondidas aqui

Dra. Adriana

A Dra. Adriana Campaner é Médica ginecologista que integra o corpo clínico do SalomãoZoppi, Chefe do Setor de Patologia Genital Inferior e Colposcopia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) e doutora em Tocoginecologia pela FCMSCSP.

Assista à transmissão ao vivo que ocorreu em 12/03 com a Dra. Adriana respondendo às principais perguntas